Page images
PDF
EPUB

13 pacientes; na oração, perseverantes; soccorrei as necessidades dos santos; exercitae a hospitalidade. 14 Abençoae aos que vos perseguem; abençoae, e não 15 amaldiçoeis. Alegrae-vos com os que se alegram; 16 chorae com os que choram. Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; não cuideis nas cousas altivas, mas accomodae-vos ás humildes. Não 17 sejaes sabios aos vossos olhos. Não torneis a ninguem mal por mal; cuidae em cousas dignas deante 18 de todos os homens; se for possivel, quanto depen19 der de vós, tende paz com todos os homens; não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dae logar á ira de Deus; porque está escripto: Minha é a vin20 gança, eu retribuirei, diz o Senhor. Antes se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sêde, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás 21 brazas vivas sobre a sua cabeça. Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem. Da obediencia ás auctoridades.

13 Todo o homem esteja sujeito ás auctoridades

superiores. Porque não ha auctoridade que não venha de Deus; e ́as que ha, teem sido ordenadas por 2 Deus. Do modo que aquelle que se oppõe á auctoridade, resiste á ordenação de Deus; e os que re3 sistem, trarão sobre si condemnação. Porque os magistrados não são para temor quando se faz o que é bom, mas quando se faz o que é mau. Queres tu não temer a auctoridade? Faze o bem, e terás 4 louvor della; porque a auctoridade é ministro de Deus para o teu bem. Mas se fizeres o mal, teme; porque ella não traz debalde a espada; pois é ministro de Deus, vingador para exercer ira naquelle que 5 pratica o mal. Pelo que é necessario que lhe estejaes sujeitos não somente por causa da ira, mas 6 tambem por causa da consciencia. Porquanto por isso tambem pagaes tributo; pois os magistrados estão ao serviço de Deus, attendendo constante

7 mente a isso mesmo. Pagae a todos o que lhes é devido a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra.

8

O amor é o cumprimento da lei.

A ninguem devaes cousa alguma, senão o amor reciproco; porque aquelle que ama ao seu proximo, 9 tem cumprido a lei. Porque: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não cobiçarás, e se algum outro mandamento ha, nestas palavras se resume: 10 Amarás ao teu proximo como a ti mesmo. O amor não faz mal algum ao proximo; o amor é, pois, o cumprimento da lei.

11

12

O dia está proximo.

E digo isto, porque sabeis o tempo, que já é hora de vos despertardes do somno; porque agora está mais perto de nós a salvação, do que quando recebemos a fé. A noite vae adeantada, e o dia está proximo. Dispamo-nos, pois, das obras das trevas, 13 e vistamo-nos das armas da luz. Andemos honestamente como de dia; não em orgias e bebedices, não em impudicicias e dissoluções, não em contendas e 14 ciumes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Christo, e não vos preoccupeis com a carne para não excitardes as suas cobiças.

14

A tolerancia para os que teem escrupulos.

Mas acolhei o que é fraco na sua fé, não para 2 discutir as suas duvidas. Um crê que póde comer de tudo, mas o que é fraco, come legumes. 3 Quem come, não despreze áquelle que não come; e quem não come, não julgue áquelle que come, por4 que Deus o acolheu. Quem és tu que julgas o servo alheio? para o seu proprio amo está em pé ou cae; mas elle estará firme, porque poderoso é o Senhor 5 para o firmar. Um avalia um dia mais que outro dia; outro avalia todos os dias eguaes; esteja cada 6 um plenamente convencido em sua mente. Quem

distingue o dia, para o Senhor o distingue; e quem come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e quem não come, para o Senhor não come, e dá 7 graça a Deus. Porque nenhum de nós vive para 8 si, e nenhum de nós morre para si; porque se viver

mos, para o Senhor vivemos; e se morrermos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morra9 mos, somos do Senhor. Porque para isto é que Christo morreu e tornou a viver, para que fosse 10 Senhor tanto de mortos como de vivos. Tu, porém, porque julgas a teu irmão? ou tu tambem, porque desprezas a teu irmão? pois todos compareceremos Porque está escripto:

11 perante o tribunal de Deus.

Por minha vida, diz o Senhor, deante de mim se dobrará todo o joelho,

E toda a lingua glorificará a Deus.

12 Assim, pois, cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.

13

Não ponhaes tropeço a um irmão.

Portanto não nos julguemos mais uns aos outros; mas antes decidi isto, em não pordes tropeço ou 14 escandalo ao vosso irmão. Eu sei e estou persua

dido no Senhor Jesus que nenhuma cousa é em si impura; a não ser para aquelle que a tem como tal, 15 para esse é ella impura. Porque se por causa da comida o teu irmão se entristece, já não andas segundo a caridade. Não faças perecer pela tua co16 mida aquelle por quem Christo morreu. Não seja, 17 pois, censurado o vosso bem. Porque o reino de Deus não é comer nem beber, mas justiça, paz e 18 goso no Espirito Santo; porque quem nisto serve a Christo, é agradavel a Deus e approvado dos homens. Assim, pois, seguimos as cousas que contribuem para a paz e as que são para a edificação 20 mutua. Não destruas a obra de Deus por causa da comida. Todas as cousas, na verdade, são limpas, porém são más para o homem que come com offensa.

19

21 Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem

fazer alguma cousa, em que teu irmão ache tropeço. 22 A fé que tu tens, guarda-a para ti mesmo deante

de Deus. Bemaventurado é aquelle que não se

23 condemna naquillo que approva. Mas aquelle que

duvida, é condemnado se comer, pois o que faz não é proveniente da fé; e tudo o que não provém da fé, é peccado.

15

Imitae a Christo. A sympathia e o altruismo.

Ora nós que somos fortes, devemos supportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mes2 mos. Cada um de nós agrade ao seu proximo, afim 3 de lhe fazer o bem para a edificação; porque tambem Christo não se agradou a si mesmo, antes como está escripto: As injurias dos que te ultrajavam, 4 cahiram sobre mim. Porque tudo quanto foi escripto anteriormente, para o nosso ensino foi escripto, afim de que, pela paciencia e pela consolação 5 das Escripturas, tenhamos esperança. E o Deus de paciencia e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Christo 6 Jesus, para que unanimes e a uma bocca glorifiqueis ao Deus e Pae de nosso Senhor Jesus Christo. Pelo, que acolhei-vos uns aos outros, como tambem Christo nos acolheu para promoverdes a gloria de Deus. 8 Porque digo que Christo se tornou ministro da circumcisão por amor da verdade de Deus, para con9 firmar as promessas feitas a nossos paes, e para que os gentios glorifiquem a Deus pela misericordia delle, conforme está escripto:

7

10

11

Por isso eu te glorificarei entre os gentios,

E cantarei louvores ao teu nome.

E outra vez disse:

Alegrae-vos, ó gentios, com o seu povo.
E ainda:

Louvae ao Senhor, todos os gentios,
E todos os povos o louvem.

12

E tambem Isaias disse:

Haverá a raiz de Jessé,

E aquelle que se levanta para governar os gentios;

Nelle esperarão os gentios.

13 Ora o Deus de esperança vos encha de todo o goso e paz na vossa fé, para que abundeis na esperança pelo poder do Espirito Santo.

Paulo explica o motivo das admoestações.

14 E eu mesmo estou persuadido a vosso respeito, irmãos meus, que tambem vós mesmos estaes cheios de bondade, cheios de toda a sciencia e capazes de admo15 estar uns aos outros. Mas vos escrevo em parte mais

ousadamente, como trazendo-vos isto de novo á memoria, por causa da graça que me foi dada por Deus, 16 para ser o ministro de Christo Jesus entre os gentios, ministrando o Evangelho de Deus, afim de que bem acceita se torne a oblação dos gentios, sendo santi17 ficada pelo Espirito Santo. Tenho, pois, a minha gloria em Christo Jesus nas cousas pertencentes a 18 Deus; porque não ousarei falar de cousa alguma senão daquellas que Christo fez por meio de mim, para obediencia dos gentios, por palavra e por obra, no poder de milagres e prodigios, no poder do Espirito Santo; de maneira que, desde Jerusalem e terras vizinhas até Illyria, tenho divulgado o Evan20 gelho de Christo. Esforçando-me deste modo por prégar o Evangelho, não onde já se havia feito menção de Christo, para não edificar sobre fundamento 21 de outro; mas como está escripto:

19

22

Aquelles que não tiveram noticia delle, o verão,
E os que não ouviram, entenderão.

Os planos de Paulo.

Pelo que fui muitas vezes impedido de ir ter com23 vosco; mas agora, não tendo mais o que me detenha nestas regiões, e desejando, ha muitos annos, 24 tar-vos, o farei quando eu for á Hespanha (porque

visi

« PreviousContinue »