Search Images Maps Play YouTube News Gmail Drive More »
Sign in
Books Books
" Europa toda, o reino Lusitano, Onde a terra se acaba eo mar começa, E onde Phebo repousa no Oceano. "
Os Lusiadas poema epico de Luis de Camões: restituido a' sua primitiva ... - Page 81
by Luís de Camões - 1846 - 585 pages
Full view - About this book

Obras do grande Luis de Camões ..., Volume 1

Luís de Camões - 1815
...e raro Castelhano, a quem fez o seu Planeta Restituidor de Hespanha, e Senhor della, Betis, Leaõ, Granada, com Castella. XX. Eis-aqui, quasi cume da Cabeça De Europa toda, o Reino Lusitano, / i ';. Onde a terra se acaba, eo mar começa, E onde Phebo repousa no Occeano. Este quiz o Ceo justo...
Full view - About this book

Obras do grande Luis de Camões ..., Volume 1

Luís de Camões - 1815 - 390 pages
...de Hespanha, e Senhor delia, • •'* Betis, Leao, Granada, com CasteUa. xx. Eis-aqui, quasi citme da Cabeça De Europa toda, o Reino Lusitano, Onde a terra se acaba, eo mar Comera, i E onde Phebo repousa no Oeceano. Este qaiz o Cèo justo que floreca Nas -armas contra o torpe...
Full view - About this book

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1818
...Hespanha, e senhor della ; Betis, Leaõ, Granada , com Castella. 20. Eis-aqui, quasi cume da cabeca De Europa toda , o Reino Lusitano, Onde a terra se...Phebo repousa no Oceano. Este quiz o Ceo justo que floreca Nas armas contra o torpe Mauritano , Deitando-o de si fóra ; e lá na ardente África estar...
Full view - About this book

Os Lusiadas e o Cosmos: ou Camões considerado por Humboldt como admiravel ...

José Silvestre Ribeiro - 1853 - 116 pages
...se lhe dilata, ea sua lyra se remonta, soltando sons admiraveis: Eis aqui, quasi cume da cabeça Da Europa toda, o Reino Lusitano, Onde a terra se acaba eo mar comera, E onde Phebo repousa n» Oceano. Este quiz o Ceo justo que florera Nas armas contra o torpe...
Full view - About this book

Os Lusiadas e o Cosmos: ou, Camões considerado por Humboldt como admiravel ...

José Silvestre Ribeiro - 1858 - 148 pages
...se lhe dilata, ea sua lyra se remonta, soltando sons admiraveis: Eis aqui, quasi cume da cabeça Da Europa toda, o Reino Lusitano, Onde a terra se acaba...começa, E onde Phebo repousa no Oceano. Este quiz o Céo justo que floreça Nas armas contra o torpe Mauritano, Deitando-o de si fofa ; e lá na ardente...
Full view - About this book

Os Lusiadas

Luís de Camões - 1859 - 415 pages
...grande e raro Castelhano, a q'uem fez;' o seu planeta Restituidor de Hespanha, e senhor delia , Betis, Leão, Granada, com Castella. XX. Eis-aqui, quasi...Phebo repousa no Oceano: Este quiz o Ceo justo, que floreca Nas armas contra o torpe Mauritano, Deitando-o de si fora, e lá na ardente Africa estar quieto...
Full view - About this book

Obras, precedidas de um ensaio biographico, augmentadas com ..., Volume 6

Luis Vaz de Camoens - 1870
...eo grande e raro Castelhano, a quem fez o seu planeta Restituidor de Hespanha e senhor delia, Betis. Leão. Granada, com Castella. xx Eis-aqui, quasi cume...acaba eo mar começa, E onde Phebo repousa no Oceano. Esle quiz o Ceo justo, que floreça Nas armas contra o torpe Mauritano. Deitando-o de si fora; e lá...
Full view - About this book

Os Lusiadas do século XIX: poema heroi-comico (parodia)

Francisco Augusto de Almeida - 1865 - 408 pages
...tocou a meta; Que arranja de tal modo a comedella, Que ninguem é capaz de dar por ella. «Eis aqui, quasi cume da cabeça De Europa toda, o reino Lusitano, Onde a terra se acaba, eo mar começa, E onde vive muitissimo tyranno. Este quiz o diabo que empobreça Dando-lhe p'r'o governo o deshumano Gentio,...
Full view - About this book

Obras de Luiz de Camões: Os Lusiadas. Estancias desprezadas. Lic̜ões varias ...

Luís de Camões - 1870 - 638 pages
...grande e raro Castelhano, a quem fez o seu planeta Resliluidor de Hespanha e senhor dolía, Betis. Leao, Granada, com Castella. XX Eis-aqui, quasi cume da...Lusitano, Onde a terra se acaba eo mar começa, E onde Pbebo reponsa no Océano. Este quiz o Ceo justo, que floreça Ñas armas contra o torpe Mauritano,...
Full view - About this book

Camões e os Lusiadas

Joaquim Nabuco - 1872 - 286 pages
...ainda nesses versos é a imagem do sol repousando no oceano, horisonte das plagas portuguezas : « Eis-aqui, quasi cume da cabeça De Europa toda, o...acaba, eo mar começa, E onde Phebo repousa no oceano. B Depois d'essa pintura, o poeta expande-se em um arroubo de enthusiasmo. Sente-se que elle t desejava...
Full view - About this book




  1. My library
  2. Help
  3. Advanced Book Search
  4. Download EPUB
  5. Download PDF