Search Images Maps Play YouTube News Gmail Drive More »
Sign in
Books Books
" As filhas do Mondego a morte escura Longo tempo chorando memoraram, E, por memória eterna, em fonte pura As lágrimas choradas transformaram. "
Os Lusiadas poema epico de Luis de Camões: restituido a' sua primitiva ... - Page 119
by Luís de Camões - 1846 - 585 pages
Full view - About this book

Imitação do episodio do canto terceiro dos Lusiadas

Francisco de Paula Santa Clara - 1875 - 62 pages
...pulchra Amittit faciès; vultum calor atque reliquit Purpurens, pallor gelidos solum occupat artus. cxxxv As filhas do Mondego a morte escura Longo tempo chorando memoraram ; E, por memoria eterna, em fonte pura As lagrimas choradas transformaran! : O nome Ihe puzeram, que inda dura,...
Full view - About this book

O episodio de D. Inez de Castro: excerpto do canto III dos Lusiadas

Luís de Camões - 1875 - 28 pages
...pallida donzella, Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor, co'a doce vida. 135 ....... As filhas do Mondego a morte escura Longo tempo, chorando, memoraram, E, por memoria eterna, em fonte pura Às lagrymas choradas transformaram : O nome lhe puzeram, que 'inda dura,...
Full view - About this book

Antologia portugueza: trechos selectos coordenados sob a classificacão dos ...

Teófilo Braga - 1876 - 388 pages
...morta a pallida donzella; Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor, co'a doce vida. As filhas do Mondego a morte escura, Longo tempo chorando, memoraram, E por memoria eterna, em fonte pura As lagrymas choradas transformaram; O nome lhe puzeram, que 'inda dura,...
Full view - About this book

The Lusiads, tr. into Engl. verse by J.J. Aubertin, Volume 1

Luis Vaz de Camoens - 1878 - 356 pages
...: Tal está morta a pallida donzella, Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor, co'a doce vida. cxxxv. ' As filhas do Mondego a morte escura, Longo tempo chorando, memoraram ; E, por memoria eterna, em fonte pura As lagrimas choradas transformaram : O nome lhe puzeram, que inda dura,...
Full view - About this book

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1881 - 326 pages
...murchada: Tal está morta a pallida donzella, Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor, co'a doce vida. cxxxv As filhas do Mondego a morte escura...memoraram; E, por memória eterna, em fonte pura As lagrimas choradas transformaram. O nome lhe puzeram, que inda dura, 'Dos amores de Ignez que alli passaram....
Full view - About this book

Os Lusiadas

Luís de Camões - 1882 - 492 pages
...murchada: Tal está morta a pallida donzella, Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor, co'a doce vida. cxxxv As filhas do Mondego a morte escura Longo tempo chorando memoraram; E, por memoria eterna em fonte pura As lagrimas choradas transformaram: O nome lhe puzeram, que inda dura,...
Full view - About this book

Poesias selectas para leitura, recitação, e analyse dos poetas portuguezes ...

Henrique Carlos Midosi - 1884 - 328 pages
...e perdida _ . . . A branca e viva cor, co'a doce vida. . . •"•; . .. . •:..•-í iv •.» \ cxxxv As filhas, do Mondego a morte escura Longo tempo chorando memoraram: E, por memoria eterna, em fonte pura., •, (. •;, í As lagrimas choradas transformaram: , , O nome lhe...
Full view - About this book

Nacionalidade, lingua e litteratura de Portugal e Brazil

João Manuel Pereira Silva - 1884 - 434 pages
...morta a pallida donzella, Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor co' a doce vida! As filhas do Mondego a morte escura Longo tempo chorando memoraram ; E, por memoria eterna, em fonte pura As lagrimas choradas transformaram: O nome lhe puzeram que inda dura,...
Full view - About this book

El idioma gallego: su antigüedad y vida, Volume 1

Antonio de la Iglesia - 1886 - 274 pages
...murchada, tal está morta a palida donzella, secas do rosto as rosas, e perdida a branca, e viva cor, co a doce vida. cxxxv As filhas do Mondego, a morte escura longo tempo chorando memoráram: e por memoria eterna em 'fonte pura as lagrimas choradas transformáram: O nome lhe poseram,...
Full view - About this book

Poesias selectas para leitura, recitação, e analyse dos poetas portuguezes ...

1891 - 524 pages
...: Tal está morta a pallida donzella, Seccas do rosto as rosas, e perdida A branca e viva cor, co'a doce vida. ' cxxxv As filhas do Mondego a morte escura Longo tempo chorando memoraram: E, por memoria eterna, em fonte pura As lagrimas choradas transformaram ; O nome lhe puzeram, que ainda dura,...
Full view - About this book




  1. My library
  2. Help
  3. Advanced Book Search
  4. Download EPUB
  5. Download PDF